Projeto 2 - Grupo 6A: Apps para Medicina

App para Medicina - Pós consulta

-Pesquisa de referências
Neste início de trabalho fizemos diversas pesquisas para ficarmos a par das informações sobre o assunto da medicina. Um fato que nos inspirou para a criação de um app, foi uma sugestão de um médico conhecido, em que ele nos convenceu de que um problema no ramo da medicina é a falta de feedback por parte dos pacientes quanto ao trabalho dos médicos.
Nessa área de avaliação de médicos e consultas, encontramos 2 apps que trabalham com isso. O “I Clinic” e o “Doctoralia” que são sites que indicam médicos e que você pode avaliar as consultas dos médicos. Porém eles apresentam algumas falhas, como as especialidades dos médicos, o que pode se dar pela enorme abrangência desses apps.

-Primeira ida a campo

Nós decidimos tentar resolver um problema da área de medicina. Assim, fomos até o hospital Albert Einstein no Morumbi para fazermos uma primeira ida a campo e ter uma ideia de quais problemas existem nesta área. Lá falamos com os dois coordenadores do novo curso de medicina do hospital. Depois disso, ouvimos de diversos médicos de diversas áreas para aprendermos mais sobre os problemas que eles tem. Assim, concluimos nossa ida ao Albert Einstein.
IMG_20151029_144612477.jpg
IMG_20151029_141353410.jpg

-Primeira ideia
Alem dos médicos residentes do hospital, conversamos com um médico e professor da faculdade de medicina do ABC, que nos apresentou um problema que vive diariamente em sua clínica. O médico disse que sente falta de um sistema de feedback dos medicos que atuam em sua clénica, algum sistema que possibilite seus pacientes a avaliarem os doutores que lhes atenderam, em termos de qualidade, capacidade, atenção e etc. Assim, pensamos em ajudá-lo, com o uso de um aplicativo, a resolver este problema, coletando dados de pacientes no periodo de pós consulta, armazenando estes dados e disponibilizando-os em uma base, para a consulta do "dono" da clínica.

-Mapa 2
Nesta aula construímos um mapa para compreendermos melhor a ideia do aplicativo, entender as dificuldades e utilidades do mesmo. Adicionamos algumas ideias ao aplicativo discutido na aula anterior e excluimos algumas partes que julgamos pouco inovadoras e/ ou nescessarias.

12233061_1144132372283375_307129525_n.jpg

-Estratégias de Campo para a visita à clinica
Com intuito de compreender melhor o ambiente para o qual vamos desenvolver este aplicativo ( vale ressaltar que ele será, de fato, programado após o termino do curso ) , o grupo realizará uma visita marcada no dia 16/11/2015 , uma segunda feira. Assim, seremos capazes de perceber o melhor metodo de aplicacao deste feedback atraves do aplicativo que desejamos criar. para isso vamos usar as seguintes estrategias descritas no processo de co-design :
- 5 porquês
- introduzir situações extremas ao usuário

-Segunda ida a campo
Por questão de ordem maior, a entrevista presencial foi cancelada, uma vez que o medico nos enviou um e-mail relatando imprevistos em sua agenda, assim, o grupo
criou um formulário com as perguntas que seriam feitas presencialmente. Enviamos este formulário por e-mail para o médico, que prontamente nos deu respostas precisas a respeito daquilo que esperava do aplicativo que estamos desenvolvendo. Segue o formulário com perguntas e respostas:

Introdução: Doutor, estamos cientes dos imprevistos de sua agenda, assim como nos informou sua secretaria. Contudo, nós do grupo de desenvolvimento deste aplicativo
que lhe será de grande utilidade preparamos algumas perguntas que facilmente nos guiarão na confecção de um aplicativo que lhe sirva da melhor maneira. Assim, pedimos
encarecidamente que responda as seguintes questões ( de maneira sucinta ) . Ainda, se possível, envie a resposta até as 23:59 do dia 16/11/2015, para que possamos anexá-las ao nosso relatório de campo - item obrigatório ao nosso curso.

P1) O consultório já possui e/ou possuiu algum sistema de feedback das consultas
R1) Queridos, aproveito a primeira questão e peço sinceras desculpas pelo adiamento de nossa conversa. Agora, à questão - sim, a clínica já foi provida de um sistema de "feedbacks", que por ventura não funcionou como deveria. O sistema era ineficiente e, além disso, dificultava a visualização dos resultados de maneira clara. um problema que enfrentávamos mensalmente ( nas atas de melhora ) era justamente este de não conseguir visualizar os dados medico à medico. O sistema embaralhava os dados e assim tornou-se difícil de usa-lo, até que aposentamos o mesmo.

P2) Se sim, os pacientes costumavam dar o feedback?
R2) Com certeza, nossos doutores são instruídos a pedirem um feedback para seus pacientes, o formulário é acessível na recepção no momento de pagamento da consulta.

P3)Esta questão é a mais importante!! O que , exatamente, é importante para a clinica saber sobre a consulta/medico. Ou seja, quais questões você julga mais importantes de constarem no feedback.
R3) Não encontro maneira melhor de responder a tal pergunta se não por utensílio de tal lista:
- O tempo de espera lhe agradou? ( portanto, o medico cumpriu o horário marcado?)
- A aparência do consultório lhe agradou? ( cada doutor é responsável pela manutenção de seu próprio gabinete)
- O tempo de consulta lhe agradou?
- O médico explicou os conceitos necessários para a sua compreensão de sua enfermidade?
- Em caso de retorno : o problema foi solucionado?
- Você recomendaria este medico?

e ainda, queridos, se possível peçam uma avaliação do medico em uma escala de 0 a 10, me seria de grande utilidade! Agradeço muito o tempo que estão dedicando a mim e a este problema, espero que possamos sentar para um café em breve e conversar um pouco mais.

Brainstorming
O brainstorming é uma das etapas mais importantes do co-design. Nele, colocamos todas as ideias tiradas da ida a campo na lousa. Utilizamos à técnica why and how, que nos proporcionou uma melhor idéia para a soluçâo do nosso problema.

12250696_1006974729364894_1402813821_o.jpg

Formulário
Quando conversamos com a Heloísa, chegamos à conclusão de que já havia apps iguais ao nosso, só que eles não funcionavam muito bem, pois havia poucas recomendações e poucos comentários. Sendo assim, resolvemos criar um formulário para perguntarmos qual o motivo disso.

Sem%20t%C3%ADtulo.png
pie%20chart%201.png
pie%20chart%202.png
pie%20chart%203.png

User Evaluation
Com a finalidade de testar nosso protótipo e receber feedback de usuários, resolvemos sair pelo ambiente do insper oferecendo nosso app para ser testado. Resolvemos fazer isso no dia de matrícula de novos alunos, já que assim conseguiríamos atingir um público de faixa etária diferente. Assim feito tivemos alguns feedbacks interessantes como : simplicidade do app, ter algum espaço para comentários extras e avaliação do médico com uma espécie de "nota".
Segue os vídeos do user evaluation.

Problema
Chegamos a um problema citado pela professora que era: as pessoas dão poucos feedbacks. Em função disso tomamos algumas atitudes afim de resolve-lo, primeiro fizemos um formulário no google forms e como a resposta para a pergunta "Você daria feedback da sua consulta logo após ela acabar?", foi consideravelmente com respostas positivas, ficamos nos indagando mais ainda em relação ao pouco retorno nesses feedbacks.
Com tudo isso em mente, fizemos nosso app de forma que ele fosse simples, compacto, com respostas rápidas, para que o paciente não tivesse problema em responder.
Para testarmos a adesão dos pacientes ao nosso aplicativo, levamos nosso protótipo para o ambiente da clínica. Pedimos ao médico instruir os doutores da clínica a pedir um feedback pós-consulta feito no Balsamic (vale ressaltar que não foram salvos os dados, pois este era apenas um protótipo). No fim do dia tivemos uma conversa com o médico. Ele nos disse que não houve muitos feedbacks, alegando que os pacientes se diziam com pressa ou que não estavam a vontade de dar um feedback no mesmo quarto que o médico.
Assim sendo, tivemos de fazer alterações na nossa ideia. Primeiro, decidimos que iriamos pedir o feedback na hora do pagamento, assim eliminaríamos o problema da privacidade, já que a secretaria era quem pediria o feedback agora. Assim ocorreu o segundo dia. No fim deste, tivemos outro breve diálogo com o médico e descobrimos que a aceitação foi muito maior, e que se disse contente com o número de feedback que ele recebeu.
Assim pudemos concluir que a simplicidade e facilidade de resposta do app, aliados a solicitação do feedback na recepção fizeram com que o aplicativo fosse muito mais aceito e tivesse muito mais feedbacks.

Consultacodesign.png

Método de Personas
Com o objetivo de ajudar a conseguirmos obter um aplicativo melhor utilizamos do método de personas. Esse método consiste em entrar no contexto da vida dos "personagens" (no nosso caso, paciente, médico e dono da clínica). Com isso tentamos levantar informações dessas pessoas afim de identificar comportamentos extremos e identificar seus padrões e necessidades. Além disso tentamos descobrir informações como : Como essas pessoas se sentem, como pensam e como agem.
Este método foi muito útil para que conseguíssemos entender o usuário do nosso aplicativo.

Personascodesign.png

Conclusão
Primeiro identificamos um problema, o de falta de feedback para médicos em suas clínicas e a ineficacia deles. Assim sendo utilizamos algumas métodos aprendidos no curso de Co-design como o brainstorm e o método das personas e com eles tentamos ter uma idéia de como nosso usuário pensava e assim solucionar os problemas relacionados a eles. No nosso caso o motivo de os pacientes não darem muitos feedbacks após a consulta. Chegamos a conclusão de que os aplicativos que já existem tem que ter a "boa vontade" do paciente, em entrar no site específico e dar seu feedback. Além de serem muito confusos e não serem intuitivos, algo muito importante no Co-design.
Assim sendo tivemos a idéia de fazer um app para ser usado nas clínicas, após a consulta, na recepção, com privacidade e sem a presença do médico. Em que ele fosse intuitivo, com perguntas simples, de respostas rápidas para não ocorrer a perda de tempo e consequentemente tivesse mais adesão dos pacientes, como foi verificado com nosso protótipo em uma clinica.

Protótipo
Fizemos nosso protótipo no Balsamiq.

codesign1.png codesign2.png codesign3.png codesign4.png codesign5.png codesign6.png codesign7.png codesign8.png codesign9.png

Vídeos de entrevista com o usuário

Uma das formas para a melhora de um aplicativo é o contato com o usuário. Coletar informações sobre a opinião e ideias a como melhorar um app é essencial, e uma das partes mais importantes do processo de co-design.
Esses dois vídeos são uma amostra de como as entrevistas foram feitas. Ao todo, foram entrevistadas 6 pessoas, de diferentes faixas etárias, para podermos adaptar o nosso aplicativo a todos os usuários, tendo em mente que o nosso público alvo é bem amplo.
Após as entrevistas, fizemos algumas mudanças. Uma das principais queixas do usuário, foi que deveria haver um espaço para escrever, e não ficar somente nas respostas das perguntas, no sim e não. Outra opinião do usuário que afetou o nosso desenvolvimento do aplicativo, foi a de colocar uma classificação do médico em questão. Após isso, fizemos uma avaliação em estrelas do médico que atendeu o paciente.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License