Projeto 2 - Grupo 5A: Apps para Medicina

Encontro 26/10

No dia 26/10 demos inicio ao segundo projeto dessa matéria. Este irá se basear em um aplicativo voltado a um tema social ou à medicina. Dessa vez o aplicativo não trata somente de seu design como no trabalho anterior, nesse caso o aplicativo deverá ser funcional e as aulas extras oferecidas pela professora Camila sobre aplicativos de celular terão papel fundamental nesse trabalho como um todo. Nosso grupo (5) optou pelo tema de medicina e assim sendo começamos a pensar em problemas dos serviços oferecidos pelos hospitais que lembrávamos de experiência própria. A maioria dos problemas apresentados se tratava de temas como demora em filas e falta de organização do próprio hospital. O próximo passo foi conversar com pessoas da área de medicina e quais problemas elas enxergavam como mais periglitantes. O resultado foi bem diferente de nosso primeiro pensamento sobre nossa experiência própria, nos foi dito que um dos grandes problemas é referente ao registro de informações de pacientes e como eles podem passar essas informações de funcionário para funcionário. A troca de turno exemplifica bem essa dificuldade em que muitas vezes as informações mais importantes são passadas de maneira verbal afim de evitar a manipulação e preenchimento de papéis. A seguir, pretendemos visitar o hospital Albert Einstein novamente, agora com um enfoque maior em nossas áreas de interesse e ouvir a opinião de especialistas sobre nossas ideias, além de entender melhor como funcionam essas nossas áreas de interesse.
A visita ao Einstein foi bem interessante, nós pudemos escutar de diversos profissionais de diferentes áreas como a da área cirúrgica e a de banco de sangue, relatando o dia a dia desses locais e que tipo de ações eles tomavam, dessa forma nós pudemos ter alguma noção de como essas áreas funcionavam e pensar em possíveis soluções de aplicativos para tornar algumas coisas mais fáceis e melhores. Após essa palestra, nós iremos decidir com que profissional nós iremos conversar em particular para obter mais informações para poder desenvolver o nosso aplicativo.

IMAG1127.jpgIMAG1132.jpgIMAG1133.jpg

Encontro 03/11

Após esse encontro, nós estávamos planejando em voltar ao Albert Einstein para realizarmos uma pesquisa de campo mais precisa e coletar mais informações úteis que poderiam colaborar com desenvolvimento do nosso futuro app. Porém essa vista não foi possível na semana que aconteceu a aula do dia 03/11, já que a professora não havia recebido ainda um retorno por parte do Einstein, assim nós recorremos ao plano B, que seria perguntar aos nossos parentes ou conhecidos que trabalhavam nesta área médica para escutar os problemas que eles sofriam no seu dia a dia no trabalho e como o nosso aplicativo teria impacto neles. Tivemos a oportunidade de conversar com uma dentinsta que gerencia um consultório odontológico e com uma estudante de medicina. A conversa com ambas se baseou em entender mais de como funciona consultórios e quais as necessidades e problemas do profissional que trabalha nesse ambiente possui. Ambas as entrevistas se mostraram esclarecedoras e mostraram que estamos no caminho certo quanto ao que pensávamos ser essencial em nosso aplicativo.

Encontro 10/11

Esta aula foi utilizada para pegarmos às informações obtidas com as entrevistas feitas e elaborarmos gráficos. As entrevistas foram feitas com uma dentista que administra um consultório odontológico, com uma estudante de medicina e com um profissional da área de informática e gestão de dados (com experiência em consultórios). As duas últimas entrevistas citadas foram registradas e estão disponíveis para quem quiser ouvir ao final dessa postagem.. Com as informações obtidas, e também tendo em vista as ideias do que nós planejamos ter no nosso aplicativo, pudemos fazer o mapa 1. Esse mapa foi feito com um gráfico da necessidade de cada função do app pela frequência com que essas funções serão utilizadas segundo a nossa visão e pesquisas de campo realizadas. Outro mapa que nós fizemos, foi a de necessidade pelo design value, ou seja, um gráfico que mostra o quão a interface de cada função é amigável e fácil de usar. Logo abaixo é possível ver os dois mapas criados com base nas entrevistas previamente realizadas.
12242116_1015492658473689_1687049095_n.jpg12243786_1015492661807022_778312964_n.jpg

Para nós aprimorarmos as ideias do nosso aplicativo, nós buscamos referências de alguns aplicativos existentes tanto para sistemas móveis quanto para computadores que tenham propostas parecidas com o que queremos fazer. O EasyDental é um aplicativo feito tanto para o iPad quanto para o computador que tem como objetivo a organização de consultórios odontológicos e o InVersalius é um programa feito para o computador serve para auxiliar diagnósticos e fazer planejamentos cirúrgicos. Alguns sites também foram de suma importância para aprendermos mais sobre a área de consultórios e seu envolvimento com informática, tais como: http://www.informaticamedica.org.br/informaticamedica/n0104/sabbatini.htm e http://repositorio.ufla.br/bitstream/1/9278/1/MONOGRAFIA_Impactos_da_inform%C3%A1tica_no_consult%C3%B3rio_levantamento_em_uma_cooperativa_de_trabalho_m%C3%A9dico.pdf
Abaixo é possível ver as imagens dos programas EasyDental e InVersalius respectivamente citados anteriormente:

easy%2Bdental%2Bsao%2Bpaulo%2Bsp%2Bbrasil__5D3B09_1.jpg
hqdefault.jpg

Abaixo tem o áudio de três entrevistas feitas, a primeira é sobre compactação de dados que será muito útil para a criação do nosso app, o segundo é sobre uma estudante que dá um feedback do app e o terceiro de uma pediatra.

A seguir tem o currículo da pediatra entrevistada, Regina Maria Catucci Gikas:

Regina%20MariaCatucci%20Gikas.jpg]
Regina%20MariaCatucci%20Gikas%202.jpg
Regina%20MariaCatucci%20Gikas%203.jpg
Regina%20MariaCatucci%20Gikas%204.jpg

Encontro 30/11- Apresentação Final

Esta aula foi o capítulo final de todo o projeto. Para ela tivemos de finalizar os útimos detalhes que restavam para o aplicativo final. Desenvolvemos um paper prototype e testamos com a médica Regina Maria para aprimorar ainda mais nossa versão final. Detalhes como pop up´s e telas que ficavam melhor deitadas que em pé foram exemplos de melhorias sugeridas pela médica que optamos por incorporar no aplicativo final. Aplicativo esse que agora tem nome. O batizamos de DocHelp e a partir de agora o chamaremos assim. Feito o paper prototype e tendo suas melhorias sugeridas incorporadas ao app, estávamos pronto para a apresentação final. Nela, tomamos o cuidado de mostrar não só o resultado final do projeto mas sim todo seu processo, desde nossas ações baseadas apenas no que achávamos certo e coerente até realmente buscar cada vez mais profissionais das diversas áreas que o trabalho envolve e de fato buscar atingir os objetivos estabelecidos pela professora. Com isso, em nossa apresentação mostramos todo o processo de pesquisas e de elaboração do DocHelp do começo ao fim e enfim demonstramos sua versão final feita no software Balsamiq.
O feedback que recebemos foi bastante positivo quanto ao processo que fizemos, e ao resultado final no balsamiq. O contra que recebemos se baseou em entrevistar um número legal de pessoas mas de diferentes áreas, nos foi dito que seria mais interessante ter mais entrevistas de uma área específica por exemplo. Abaixo estão algumas das telas principais do nosso aplicativo feito no Balsamiq.
12319371_1023139354375686_800509423_n.jpg
12319805_1023139384375683_1840957363_n.jpg
12319270_1023139374375684_1929026381_n.jpg
12319568_1023139377709017_1075417445_n.jpg
12312050_1023139381042350_2033825222_n.jpg
12319627_1023139397709015_1327183735_n.jpg
12348299_1023139371042351_466823236_n.jpg
12351161_1023139367709018_231143433_n.jpg
12333003_1023139394375682_1113495013_o.jpg
12333206_1023139401042348_2032098198_o.jpg
12334252_1023139387709016_1186382237_o.jpg

Link do Balsamiq online:

Segue o link do projeto, no site do balsamiq, onde se pode testar e ver o fluxo de telas do app.
https://codesigndeapps.mybalsamiq.com/projects/projeto_02-grupo05/grid

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License