Projeto 2 - Grupo 1C: Apps para Ações Sociais

Projeto 2

Grupo: Artur Leão, Daniel Murta, Felipe Buniac, João Vazquez, Pedro Casella

O segundo projeto da disciplina consiste em estudar e criar um aplicativo com o tema Medicina ou Inovação social.
O grupo optou pelo tema de inovação social, dado a oportunidade de criar um aplicativo que possa causar grande impacto em um grande grupo de pessoas.

27.11.2015 Brainstorm inicial

Já que temos a oportunidade de criar um aplicativo com o tema Inovação social, pensamos em como resolver alguma questão chave, que realmente melhore a condição de vida de algum grupo de pessoas carentes.
Após discutir alguns temas, pensamos em como resolver a situação em São Paulo (e possíveis outras cidades do país) de crianças na rua. Como identificamos na foto abaixo, existem diversos fatores que contemplam esse problema.
Em primeiro lugar tentamos identificar como seria possível mapear as crianças de rua, para que seja possível posteriormente criar alguma forma de melhorar a condição de vida delas. Como já existem diversas ONGs e casas que ajudam as crianças, podemos focar principalmente em como realizar a ponte entre as crianças e essas ONGs.

Conseguir prover uma condição de vida melhor para crianças carentes resulta em satisfação maior tanto para as próprias crianças, quanto para pessoas que hoje tem um sentimento ruim ao vê-las na rua, mas não conseguem ajudar. Pensando no futuro, essas crianças passarão a ser reintegradas na sociedade.

11148594_10207049995585417_4796535648740059717_n.jpg?oh=1e8822ac089205015c1c2801fde42702&oe=56B465A8

Olhamos quais aplicativos atuais nos interessam e como eles resolvem seus respectivos problemas. Com essas ideias, podemos usar esses recursos existentes para atender ao problema que achamos interessante resolver. Os aplicativos/softwares que consideramos centrais são:
-http://www.fieldlink.me/
-99taxi
-https://play.google.com/store/apps/details?id=com.google.android.apps.onetoday
-https://play.google.com/store/apps/details?id=com.charitynavigator.mobile

A ideia inicial é criar um aplicativo que pessoas possam mapear as crianças de rua na cidade simplesmente apontando em um mapa quantas crianças carentes elas estão vendo. A localização seria a do GPS da pessoa. Com essas dados, seria possível criar um mapa de calor, em que ONGs interessadas poderiam usar para decidir onde realizar novos projetos.
Com esses dados estruturados, seria inclusive possível verificar o deslocamento das crianças ao longo do tempo pela cidade.

03.11.15 1° visita à Vila Nova Esperança

A ida a campo é muito importante para garantir o sucesso de um projeto envolvendo o co-design. Tendo isto em mente, nosso grupo focado na coleta de dados de possíveis beneficiados pelo nosso aplicativo, fomos até a comunidade Vila nova esperança, localizada na Av. Engenheiro Heitor Antônio Eiras Garcia, 9270 para ver problemas que são recorrentes no cenário Social.

Para realizarmos melhor proveito da visita à comunidade utilizamos o IDEO METHOD CARDS, com os seus quatro principios: Learn, Look, Ask and Try.

Learn:
Definição: Analisar a informação coletada e identificar padrões ou insights.
Nossa experiência: Após a visita à comunidade analisamos um padrão das respostas dos moradores buscando problemas comuns na vila.

Look:
Definição: Observar as pessoas para descobrir o que elas fazem ao invés do que dizem fazer.
Nossa experiência: Observamos que muito do que as pessoas diziam na comunidade não condizia com a realidade, podendo dizer que há muito a mudar. Um exemplo disto é de que os moradores diziam utilizar bastante a colheita da horta da comunidade quando na realidade nem sabiam a hora em que a colheita estava pronta nem os tipos de alimentos plantados, não tendo um bom aproveitamento.

Ask:
Definição: Listar a participacao de pessoas para extrair informacoes relevantes para o projeto.
Nossa experiência: Vimos que na comunidade existem cargos divididos para cada setor, como por exemplo: para o laboratorio de criacao, horta, barbeiro, restaurante, etc.. Fomos nesses setores em busca de informacoes relevantes para a nossa pesquisa, podendo notar diversos problemas que poderiam ser resolvidos com a criacao de um aplicativo. Gostamos de enfatizar que utilizamos os "Five Whys?" para gerar as nossas perguntas.

Try:
Definição: Criar simulações para ajudar, simpatizar com pessoas e avaliar designs propostos.
Nossa experiência: Podemos dizer que utilizamos o metodo de "Bodystorming". Utilizamos os membros da comunidade para simular como algumas ideias de aplicativos propostos funcionariam de fato na comunidade. Fizemos um teste com uma das moradoras chamada Elisane(ela enfatizou que seu nome era com S e não com Z) o teste constou em emprestar um telefone e pedir para ela utilizar um aplicativo para ver como ela se sentia utilizando o aplicativo: (dificuldade? facilidade? gostava? sabia manusear?). Vimos que Elisane, 34 anos , teve muita dificuldade e pensamos que isso seria um problema por isso achamos que os jovens teriam mais facilidade mas mesmo assim o aplicativo teria de ser simples e intuitivo!

Sabendo que dentro de Learn, Look, Ask e Try existem subcategorias importante, vamos nos aprofundar nessas subcategorias futuramente.

Sobre a experiência:
A caminho da comunidade, conversamos sobre o que esperávamos do centro de inovação e apesar de sabermos que seria algo simples e humilde achamos que teria alguma estrutura concreta desenvolvida. Ao chegarmos na vila nos encontramos com Julio, que nos levou até o centro e percebemos que o projeto ainda está bem no comeco. Ficamos um pouco impressionado com o tamanho do centro, pois é uma garagem que cabe somente um carro que precisa ser tirado cada vez que vai haver algumas atividade.

Assim, perguntamos para o Julio e a Kelly, participante da oficina de costura, o que eles achavam do espaço do local e eles nos disseram que realmente não estão felizes porem que existe um terreno que será utilizado para construir um novo centro de inovacao contendo todas as areas com os devidos requisitos para que novas oficinas e atividades possam ser implementadas de uma melhor maneira.
12196190_10207124753054307_1642733713485159569_n.jpg?oh=4e8e6e83317fd18be58a347ba0fe7fc0&oe=56C4FDD3&__gda__=1458848574_24ebdb84f025b5030b9303278eb3f4ee
Após vermos o centro pedimos para que nos mostrassem um pouco a vila, Julio e Kelly nos levaram ver como estava o andamento de um projeto dos alunos do INSPER chamado "VER BEM" que ensina os moradores a construir óculos. Apesar de terem gostado do inicio e da ideia da oficina, foi dito que está muito lento. Ao lado do lugar onde é realizada a oficina de oculos existe uma horta que nos chamou muito a atencao por ser muito bem feita e com um tamanho consideravelmente grande, onde o que era plantado ia ser oferecida à comunidade, porém existe um grande problema relacionado à horta pois os moradores nao conhecem os alimentos que estao sendo plantados, como a propria Kelly que utiliza sempre os mesmo alimentos pois nao conhece a maioria que está sendo colhido, além das pessoas terem que ficar subindo na horta para ver se os alimentos estao prontos ou nao, o que nos gerou ideias para o aplicativo.

O que também nos chamou muito a atenção em relação a ideia de apps foi o fato de existir uma ideia da criação de uma radio contando o que acontece periodicamente na comunidade, ou seja, querem expandir e facilitar o meios de comunicação.
Quando falavamos com a Kelly e o Julio foi citado um menino da comunidade que gostava muito de tecnologia e tinha experiencia com computadores, então conversamos com ele, Mauricio, e ele nos disse que coordenaria uma oficina de tecnologia se lhe fosse oferecido computadores velhos para tal. Assim percebemos que a comunidade está aberta a novas ideias para o centro de inovação e que estão dispostos a ajudar e a desenvolver a vila.

Mapas de Valor
É importante manter o controle dos valores que seus usuários possuem. Isso pode ser feito, listando todos os valores de seus usuários têm expressado a você por meio de visitas de usuários e traçando-los em um gráfico. Os valores são preferências gerais em matéria de mecanismos de ação adequados ou os resultados que refletem sentido de uma pessoa de certo e errado e tendem a influenciar atitudes e comportamentos.
12244711_1089429534431371_1077901106389235766_o.jpg

Personas
Pessoas com que conversamos:
- Elisane: Moradora
- Julio: Ajudante ( Exchange Student do Peru)
- Kelly: Moradora( Muito influente na vila)
- Mauricio: Morador ( Conhecido como Programador da Vila)
- TeyPay: Guru do LAB da Vila ( Como se fosse o nosso Lourenço
- Fernando: Morador ( 8 anos de idade)
- Val : Moradora ( Trabalha na Horta)
- Wagner : Morador( Dono do espaço do centro de inovação)
- Lia : Moradora ( Dona de restaurante em frente ao Lab-centro de inovação)
- Robson : Morador (Dono do Bar)
- Antoniô: Morador ( Corta o cabelo dos moradores)
-Familias que estavam presente

Persona 1 : (Baseada em Mauricio e TeyPay)
Nome: Pablo Poisson
Pablo sempre gostou de tecnologia e sempre foi curioso para descobrir como electronicos funcionam. No mês passado, após 1 ano trabalhando e economizando, Pablo comprou um computador. Começou a utiliza-lo todos os dias cada dia aprendendo um pouco. Com o tempo todos sees colegas passaram a conhece-lo como um genio da informática e isso chamou sua atenção. Pablo tem desejo de ensinar computação para seus colegas mas não tem como fazer isso pois somente tem um computador.
Necessidades:
• Computadores para ensino
• Wifi para que possa aprender
• Vontade de aprender
Valores:
• Tecnologia
• Foco no aprendizado e ensino para os que não entendem nada de computação
Motivação:
• Poder chegar longe utilizando computadores e programação

Persona 2 : (Baseada em Lia e Robson)
Nome: Moes Gelb
Moes sempre teve um sonho de construir um Bar próprio para poder trabalhar full time junto com sua esposa. Em 2012 esse sonho se tornou realidade, Moes obteve um espaço e construiu seu bar. O Bar de Moes fica em frente de um Laboratório Maker. Com o passar dos anos este Lab lhe chamou muita atenção com todas as oficinas que aconteciam e o numero de pessoas que eram atingidas e influenciadas com aquele movimento. Moes junto com sua esposa passaram a querer trazer gente para essas oficinas e crescerem o Lab pois aquilo seria benéfico para o bairro que moravam e traria consumidores.
Necessidades:
• Uma forma de manter as pessoas informadas
• Pessoas interessadas
• Vontade de fazer o bem para pessoas
Valores:
• Lazer
• Foco no "marketing"de algo benefico para outras pessoas
Motivação:
• Trazer consumidores e fazer o bem motivando pessoas a aprenderem.
Persona 3 : (Baseada em Elisane e Antonio)
Nome: Lisa White
Lisa sempre gostou de aprender e sempre foi curiosa para descobrir as coisas. 2 anos atras começou a fazer um curso para ajudar, não somente a comunidade, mas também sua família, hoje em dia sente vontade de passar todo o seus conhecimentos para sua filha, pois acha que ela já esta na idade e esta precisando mais do que ela, pois este precisando de auxílio monetário, e descobriu que adorou aprender com esse curso e agora ensinar para sua filha.
Necessidades:
• oficinas para aprender
• auxilio monetário
• Vontade de ensinar
Valores:
• Auxilio
• Foco no aprendizado e ensino para os que não tem possibilidades
Motivação:
• Poder ensinar utilizando o que aprenderam
Persona 4 : (Baseada em Val e Antonio )
Nome: Walter Schrader
Walter sempre quis mostrar a comunidade para as demais pessoas, mas nunca teve oportunidade, pois ninguém nunca quis saber deles, mas nos últimos anos, almas entidades, passaram a ajuda-los, criando alguns cursos profissionalizantes, o que cada vez mais, fez com que seus moradores pudessem sair de la, e com isso novas pessoa passaram a saber deles e passaram a ajuda-los, por exemplo com matérias de construção, que lhes ajuda na construção de novas moradias e novas áreas para a comunidade.
Necessidades:
• Matérias para aumentar as áreas da comunidade
• Criação de oportunidades para a comunidade
• Mostrar a comunidade para fora
Valores:
• Mostrar a comunidade
• receber bem, para ser bem recebida
Motivação:
• Trabalhar para o bem da comunidade
Persona 5 : (Baseada em Kelly e Julio)
Nome: Henk Johnson
Henk possui alguns conhecimentos que gostaria de passar para seus amigos da comunidade, mas infelizmente não possui recursos e nem espaço para isso, por tanto ele tenta cada vez mais mostrar a comunidade para o mundo, para assim juntar recursos e com auxilio de todos poder construir um centro, onde ele, junto de seus colegas, consigam passar seus ensinamentos para os demais integrantes da comunidade e assim, possam sair mundo a fora, podendo ter uma maior expectativa de vida, alem do fato de deixar a comunidade mais conhecida.
Necessidades:
• Espaço para ensinar
• Meio de comunicação, para avisar oficinas
• pessoas interessadas em ajudar a comunidade a crescer
Valores:
• Ensinar
• Poder ajudar as pessoas da comunidade
Motivação:
• Querem expandir e mostrar a comunidade para o mundo

10.11.15 Brainstorm para Chegar no Conceito do App

Qual é a ideia:
Doação?
Aviso de Colheita na Horta?
Aviso sobre oficinas?
Educação das crianças?

Vimos que existem problemas, mas de acordo com as respostas dos usuários e com os IDEO METHODS CARDS frizamos a importancia de focar em um problema especifico.
Vendo que a colheita e sabedoria sobre os alimentos da horta era um problema recorrente nas familias decidimos focar na Horta!

Porque só a Horta?

A horta involve muitos aspectos importantes:
- Alimentação dos moradores
- Aprendizado e horas de trabalho para pais e mães
- Educação: ensinar crianças à plantar e colher alimentos
- Econômia
- Pode chamar pessoas externas para possíveis doações e garantir que os moradores tenham alimentos o suficiente

Problemas vistos na horta que podem ser resolvidos:

1- Os moradores não sabem quando devem fazer a colheita

2- Os moradores somente colhem de 3 a 4 tipos de alimentos pois não conhecem os outros.

3- Alimentos conhecidos faltam enquanto outros sobram

4- Os moradores não sabem receitas onde podem utilizar seus produtos colhidos

5- As crianças tem muita vontade de fazer parte da horta mas não sabem como.

Criar um app para a horta [poderia cobrir muitas areas e de forma simples.
- O app poderia ser colaborativo em que todo morador que visitar a horta poderia avisar se a colheita esta pronta.
- O app poderia ensinar receitas para os moradores utilizarem os alimentos colhidos.
- O App poderia ser utilizado para marcar horários de visita das crianças na horta.
- A horta sendo utilizada pode trazer pessoas para fazer workshops que foquem na horta.

Conceito do App

Após nossa visita à campo, foi feito um novo Brainstorm para repensar os problemas vistos.

Percebemos que na Vila, crianças na rua não são um problema pois não há muitas crianças nas ruas e as que estão nas ruas ficam em ambientes de família.

Após o Brainstorm com perguntas que estão citadas acima no Brainstorm para Chegar no Conceito do App chegamos a conclusão de que falta de informações claras é um problema evidente na Vila, especialmente sobre a horta que é um espaço potencializador que engloba areas como: Saúde, Educação, Informação de Nutrição que serão o enfoque do nosso aplicativo.

A ideia:
O aplicativo deve funcionar de forma colaborativa.
Pensamos em como resolver o problema de falta de informação portanto, uma página do aplicativo será simples portanto apenas um botão em que qualquer morador que passe pela horta e veja que a colheita esta pronta possa avisar aos outros que a colheita esta pronta.

Outro problema relatado pelos moradores foi que não sabiam como utilizar os alimentos colhidos, tendo muitos alimentos que acabavam sobrando na horta. Tendo isto em mente, uma pagina do aplicativo seria voltada para receitas, divididas por alimentos da horta. Por exemplo ao clicar em alface teríamos um número X de receitas que utilizam alface.

Primeiro Paper Prototype do App

Feito no Balsamiq!

Páginas Novas:

Adicionamos duas novas páginas ao app:
Workshops e Sobre

Workshops:
Será uma área de educação para os moradores da Villa de todas as idades.
Dentro desta nova área haverão duas páginas
Uma página será destinada para Temas de workshops e a segunda página será sobre as especificações do Workshop(Data,Horário, Assunto,Idade).

Sobre:
Irá ter uma página com uma breve explicação sobre o que é uma horta e fotos de hortas ao redor do mundo.

Porque a Simplicidade do App
Pode parecer que o app através do Prototype acima é muito simples.
Por este motivo destinamos está área da Wiki para explicar o porque desta simplicidade.

A visita à campo nos mostrou muito sobre o usuário do aplicativo Horta. Após a visita pudemos afirmar que os moradores da Vila não tem familiaridade com a utilização de aplicativos em smartphones, somente utilizam o básico de seus telefones.Visto isso vemos a introdução de um app uma situação muito sensível e que deve ser manejada de forma cautelosa vista a limitação dos usuários.Este app tende a crescer muito muito mas sua introdução tem de ser prática e simples.

O fato de estar criando um aplicativo voltado para os moradores da Villa é uma experiência muito legal para vivenciamos um aprendizado de todas as idades. O que temos que garantir é como os moradores irão utilizar o app ao invés de ir até a horta para checar as plantações.
Através de workshops estimulamos os usuários a checarem seus apps para se manterem informados e para aprenderem a utilizar para horta. O app ser colaborativo estimula o uso também.

Implementação da área de edição - Parte web

A parte web do aplicativo serve para o administrador mudar o status dos produtos da horta, adicionar receitas e colocar novos workshops disponíveis.

12313583_10207238586980084_6269639890245935470_n.jpg?oh=583f94844430ea6e4936bd960f016eea&oe=56EF6DF7&__gda__=1459215565_5d43210d949ef597b31e7c195dc077fe12316511_10207238586940083_1255965713035005103_n.jpg?oh=0d4b8cc64281256c44d48ef4fe3b6a50&oe=56E5348C&__gda__=1457748457_d9ea441c758631b3822a9acf16faf80e

Implementação no Android Studio

Começamos fazer a implementação do aplicativo Horta já que a técnica do Co-Design solidificou algumas ideias fundamentais para o App e elucidou visões

12294773_10208012388128650_7614379150651285323_n.jpg?oh=17860ddda613d7d5ce22a374517aeca5&oe=56DB80EA&__gda__=1457939339_8cb53075ce6e7af03139c5d4d2348870

List View Colheita - Protótipo

Com nossa ida a campo, assim como com a analise do User Evaluation foi decidido que na tela de apresentação das conlheitas disponíveis
seriam utilizados palavras, como "pronto" e "indisponível", ao invés de simples bolinhas verdes, indicando disponibilidade da colheita, e vermelho para indisponibilidade da colheita.
Isso, porque dos 3 usuários que aceitaram participar do User Evaluation, nenhum compreendeu o significado das cores das bolinhas sem antes ter perguntado ao grupo.

12278716_10208012388168651_2120318704727562732_n.jpg?oh=864873d4d090415fb1a791f5c30cde59&oe=56F061C3&__gda__=1458840982_e21359125c37599017ea0ffa9b480c5a

Tela de Login - Protótipo

12316524_10208012387888644_3405967471653240316_n.jpg?oh=5432abf38895b39640bccc284c957c41&oe=56F07B05&__gda__=1456981882_a49965e4557e79a5ddc0f115e59473d3

ETAPA FINAL

URL do balsamiq funcionando
https://joaovazquez.mybalsamiq.com/projects/balsamiqhorta/grid

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License